Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

“Jornal do Judiciário” mostra aumento de 31,7% na produtividade das varas e juizados do Ceará

O aumento da produtividade do 1º Grau de Jurisdição (formado por varas, juizados e turmas recursais) é o tema da matéria de capa do “Jornal do Judiciário”, edição relativa aos meses de outubro, novembro e dezembro. Traz ainda a nova Organização Judiciária, resultado da Semana da Conciliação e do Mês do Júri, campanha contra assédio sexual, mutirão de julgamentos e baixas processuais, Menção Honrosa no Prêmio Innovare e inclusão profissional de surdos. Com relação ao aumento de julgamentos, o acréscimo é resultado da priorização da 1ª Instância, objeto da lei de iniciativa do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) que transferiu recursos antes alocados no 2º Grau (Tribunal), permitindo aumentar a quantidade de servidores em todo o Estado. A produtividade cresceu 31,7%, comparando dois períodos (anterior e posterior à lei), segundo a Secretaria de Planejamento e Gestão do TJCE. Já na reportagem sobre a nova Organização Judiciária, o leitor confere as mudanças em relação às comarcas, zonas judiciárias e ao aumento de varas onde há maior demanda, entre outras. A equipe de arte produziu dois mapas para melhor entendimento das alterações. Além disso, o jornal mostra as ações de combate à violência contra a mulher. São exemplos a campanha contra assédio sexual, lançamento de aplicativo e Semana da Paz em Casa. Outros esforços concentrados da Justiça cearense resultam na maior celeridade e pacificação social, como a participação na Semana Nacional da Conciliação e no Mês do Júri. Outra medida é a realização da mobilização para julgamentos e baixas e processuais. As unidades de Sobral, as primeiras a promover o movimento, julgaram mais de 800 processos em cinco dias. A cidadania também tem espaço no “Jornal do Judiciário”. Esta edição apresenta a Menção Honrosa do Prêmio Innovare conquistada pelo projeto “Aprendizes da Liberdade”, idealizado pelo TJCE em parceria com o Governo estadual. A iniciativa permite educação formal de apenados. Ainda na área social, a equipe preparou matéria sobre inclusão profissional de surdos, que já existe há mais de 20 anos no Judiciário. Ao todo, 48 atuam no Tribunal e no Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza. O jornal é produzido pela Assessoria de Comunicação, com distribuição de exemplares para persos órgãos públicos. Também fica disponível no site www.tjce.jus.br.
13/12/2017 (00:00)
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia